Unifacisa - abr 12, 2021

Educação Física: mitos e verdades sobre o curso e profissão

O interesse por uma vida saudável e pela prática de exercícios físicos é cada vez maior, levando a um aumento na procura por profissionais aptos para orientar no processo de adoção e manutenção de um estilo de vida fisicamente ativo.

Portanto, com um mercado de trabalho aquecido, a graduação em Educação Física é uma opção para muitos que desejam cursar o ensino superior. Mas, antes de realmente decidir por essa graduação, é importante conhecer melhor o curso e a profissão.

Sendo assim, leia este post até o final e descubra quais são os principais mitos e verdades sobre a faculdade e a carreira de Educação Física. Confira agora!

O profissional em Educação Física só pode atuar em escolas e academias?

Ainda que existam muitas oportunidades para os profissionais em Educação Física em escolas e academias, essas não são as únicas oportunidades na área. A verdade é que o profissional em Educação Física conta com um mercado de trabalho amplo, sendo possível trabalhar em hospitais, centros esportivos, empresas e até mesmo em um negócio próprio, entre muitas outras alternativas.

Entretanto, vale ressaltar que existe diferença entre as possibilidades de atuação para os profissionais que se formam em licenciatura e para os que se formam em bacharelado.

O bacharelado capacita profissionais em Educação Física para a atuação em todas as áreas de conhecimento relacionadas ao treinamento físico, por sua vez, a licenciatura capacita os profissionais de Educação Física para a atuação em todas as áreas de conhecimento relacionadas ao ensino.

Logo, é mito que o profissional em Educação Física só possa atuar em escolas e academias. Mas, as possibilidades de atuação vão depender da modalidade escolhida pelo estudante: bacharelado ou licenciatura.

A remuneração do educador físico é baixa?

Assim como existem diversas áreas de atuação para o profissional em Educação Física, a variação salarial também é grande. Mas, estima-se que a remuneração de um profissional formado na faculdade de Educação Física seja entre mil e mais de 4 mil reais. Em alguns casos, os salários podem chegar a 8 mil ou mesmo mais de 20 mil reais.

Logo, é um mito que a remuneração é baixa para quem investe em um curso de Educação Física. Porém, é necessário estudar e se qualificar para conquistar as melhores oportunidades e atingir os melhores salários.

Educação Física

Quem se forma no curso de Educação Física pode trabalhar com atletas profissionais?

Os atletas profissionais, e até mesmo os amadores, precisam de um bom profissional para preparar e acompanhar os treinos. Afinal, ao longo da graduação em Educação Física, o profissional adquire conhecimentos importantes para que o atleta possa melhorar a sua performance, evitar lesões ou trabalhar o processo de reabilitação.

Por isso, é verdade que por trás dos bons resultados de um atleta ou de uma equipe esportiva, está um profissional em Educação Física. Para ocupar esse cargo, é importante que o estudante de Educação Física invista em especializações e atualização profissional.

O estudante de Educação Física deve praticar exercícios e ter um estilo de vida fitness?

Como é uma área de conhecimento ligada ao estudo das atividades físicas, cabe ao profissional da área estudar e orientar sobre o aperfeiçoamento e desenvolvimento correto dos movimentos corporais e motores, não havendo necessidade do educador físico praticar exercícios.

Portanto, o profissional de Educação Física deve orientar e acompanhar uma pessoa durante uma atividade física, e um estilo de vida fitness não é requisito para o cumprimento dessa função.

Sendo assim, está esclarecido por que é um mito que o estudante de Educação Física deve praticar exercícios e ter um estilo de vida fitness.

Na faculdade de Educação Física só se aprende sobre a prática de esportes?

Tanto o curso presencial quanto o curso semipresencial são bastante completos e oferecem uma base teórica e prática das atividades físicas. Por isso, os conhecimentos vão muito além da prática de esportes e contemplam uma formação multidisciplinar.

Dessa forma, algumas disciplinas da faculdade de Educação Física são:

  • Anatomia Humana;
  • Citologia e Histologia;
  • Introdução à Ciência e História da Educação Física;
  • Saúde e Sociedade;
  • Anatomia do Sistema Locomotor;
  • Bioquímica;
  • Psicologia em Saúde;
  • Nutrição e Atividade Física;
  • Fundamentos de Genética;
  • Fundamentos da Biomecânica;
  • Estatística, entre outros.

Esses são apenas alguns exemplos, mas já são o suficiente para demonstrar como o curso é bastante amplo e completo, não é mesmo? Logo, é mito que na faculdade só se aprende sobre a prática de esportes.

É necessário gostar de praticar exercícios físicos para ser um estudante de Educação Física?

Gostar de praticar exercícios físicos pode ser uma vantagem ao longo do curso, uma vez que isso pode tornar a graduação mais prazerosa. Porém, esse não é um requisito da profissão.

O que realmente importa é gostar de pessoas. Afinal, o papel do educador físico é promover saúde e manter uma relação próxima com o grupo de pessoas atendidas, seja em academias, escolas, centros esportivos, hospitais ou qualquer outra área de atuação.

Sendo assim, é mito que é necessário gostar de praticar exercícios físicos para ser um estudante de Educação Física.

O aluno vai praticar atividades físicas durante o curso?

A graduação em Educação Física contempla disciplinas teóricas e práticas, portanto, o estudante deve estar preparado para realizar diversas atividades físicas e práticas esportivas ao longo do curso.

Ainda que seja um esporte completamente novo ou alguma atividade com a qual o aluno não possui familiaridade, a prática vai ser necessária. Isso é importante para o aprendizado da parte técnica das modalidades esportivas, bem como noções pedagógicas. Por isso, o curso é bastante dinâmico.

Dessa forma, é verdade que o aluno vai praticar atividades físicas durante o curso.

Portanto, estão desvendados os principais mitos e verdades do curso e da profissão de Educação Física. Logo, agora você sabe mais sobre como é o ensino superior da área e pode decidir se essa é a carreira profissional ideal para o seu futuro.

Para se aprofundar ainda mais no assunto e tomar a decisão certa sobre a sua graduação, leia o nosso post sobre faculdade de Educação Física: bacharelado ou licenciatura?

Quero saber a diferença entre Bacharelado e Licenciatura!

Escrito por Unifacisa

    o passo a passo das formas de ingresso
    Aulas síncronas: o guia de orientações para o estudo em casa
    Guia da carreira medicina o passo a passo do seu sucesso