Unifacisa - abr 14, 2021

6 ideias para fazer um planejamento financeiro estudantil

Ingressar em um curso de graduação exige bastante planejamento financeiro. Afinal, é necessário arcar com a mensalidade da faculdade e ainda outras despesas, como materiais didáticos, transporte e alimentação. Por isso, é fundamental se planejar para realizar o sonho do ensino superior sem adquirir dívidas.

Dessa forma, quem sabe como fazer um planejamento financeiro estudantil, pode se dedicar aos estudos sem preocupações com o dinheiro no final do mês e ainda consegue separar uma grana para momentos de lazer e diversão.

Portanto, leia este post até o final e descubra 6 ótimas ideias para fazer um planejamento financeiro estudantil e realizar o sonho do ensino superior sem dores de cabeça com o dinheiro. Confira agora!

1. Comece o seu planejamento financeiro listando as suas despesas

O primeiro passo para um bom planejamento financeiro é ter clareza dos seus gastos mensais. Por isso, é fundamental listar todas as despesas ao longo de um mês, desde os gastos mais altos e relevantes até os pequenos gastos que podem parecer insignificantes.

Sendo assim, coloque na ponta do lápis o valor da mensalidade do curso de graduação, e até mesmo aquele cafezinho depois do almoço, bem como todos os seus demais gastos. Assim, é possível identificar quais são  suas maiores despesas e quais são os gastos que você pode cortar ou reduzir.

Uma ideia é organizar as despesas por categorias: alimentação, saúde, transporte, lazer, estudos, entre outras. Dessa forma, fica ainda mais claro quais são os seus gastos ao longo do mês e como planejar as suas despesas para nunca ficar no vermelho.

Junto com as despesas, é importante anotar também qual é a sua receita. Isso porque, saber o quanto você ganha e o quanto você gasta, é essencial para garantir a sua saúde financeira. Afinal, para a conta fechar no final do mês, é indispensável gastar menos do que se ganha.

Uma dica valiosa para ter clareza das suas receitas e despesas é o uso de aplicativos para controle de finanças pessoais, alguns exemplos são: Mobills, Organizze Finanças, Minhas Economias e o GuiaBolso.

2. Defina as suas prioridades

Após visualizar quais são as suas despesas ao longo do mês, chegou a hora de definir quais são as suas prioridades. Olhe para os seus gastos de forma analítica e perceba o que pode ser riscado da lista. Por exemplo, se você está gastando muito em restaurantes e isso está comprometendo o valor disponível para compra de materiais didáticos, talvez esteja na hora de deixar os restaurantes de lado e comer mais em casa. Afinal, o estudo é a sua prioridade, não é mesmo?

Portanto, defina as suas prioridades (estudo, saúde, aluguel, mercado e — por que não? — lazer) e pense qual é o melhor jeito para usar os seus recursos financeiros de acordo com o que é, de fato, mais importante para você. Assim, é possível gastar o seu dinheiro de forma inteligente e evitar dores de cabeça.

Não deixe de seguir essa dica, pois essa prática é importante para evitar compras impulsivas e garantir uma maior economia no final do mês.

o passo a passo das formas de ingresso

3. Considere todos os gastos da faculdade

Não importa se você pretende estudar em uma faculdade particular ou pública: você vai precisar de um planejamento financeiro estudantil. Afinal, as despesas com a faculdade vão além da mensalidade do curso de graduação.

Logo, para um bom planejamento financeiro, não deixe de considerar todos os gastos com o ensino superior, como transporte, alimentação, livros e demais materiais didáticos, workshops, palestras, cursos online, etc.

Muita coisa, não é mesmo? Mas, calma! A próxima ideia é super importante para você conseguir arcar com os gastos extras da faculdade sem comprometer o seu orçamento mensal. Continue a leitura!

4. Não deixe de criar uma reserva de emergência

Imprevistos acontecem, gastos extras com a faculdade surgem, e o seu bolso precisa estar preparado para isso. Portanto, não deixe de criar uma reserva de emergência. Lembra da sua listinha de gastos? Acrescente nela uma despesa super importante: a sua reserva financeira.

Separe um valor todo mês para salvar o seu bolso em possíveis momentos de aperto no futuro. Dessa forma, você consegue arcar com os custos de um workshop incrível sem comprometer o seu planejamento de gastos mensais ou precisar recorrer ao cartão de crédito, por exemplo.

5. Tenha metas de curto, médio e longo prazo

Ter clareza de quais são as suas metas é essencial para atingi-las. Além disso, apenas com objetivos claros e definidos é possível realmente fazer um planejamento para agir de forma disciplinada com os seus gastos. Isso porque, quando não se tem objetivos, é fácil deixar o dinheiro ir embora.

Sendo assim, elabore metas de curto, médio e longo prazo. Por exemplo:

  • concluir o ensino superior;
  • comprar um carro;
  • fazer uma viagem;
  • comprar um notebook para os estudos.

Com a definição das suas metas, é mais fácil utilizar o seu dinheiro de forma consciente e investir no seu futuro. Por isso, não deixe de seguir essa dica.

6. Busque um programa de financiamento estudantil

Colocou tudo na ponta do lápis e a conta ainda não está fechando? Não se preocupe, o financiamento estudantil é uma excelente ideia para concluir o ensino superior sem comprometer o seu planejamento financeiro.

Um programa de financiamento estudantil permite ao aluno financiar o valor das mensalidades do curso de graduação, exigindo do universitário apenas o pagamento de valores reduzidos ao longo da faculdade. Sendo assim, é proporcionado ao estudante maior segurança financeira durante a vida acadêmica.

Logo, o financiamento estudantil pode ser a melhor saída para realizar o sonho de conquistar o diploma de ensino superior sem a necessidade de passar sufoco financeiro.

Portanto, se você pensa em fazer uma faculdade em Campina Grande, não deixe de buscar por uma instituição de ensino que ofereça boas opções de financiamento estudantil, além de um ensino de qualidade.

Agora você já sabe quais são as 6 melhores ideias para fazer um planejamento financeiro estudantil e está pronto para se preparar financeiramente e realizar o sonho do ensino superior.

Quer se aprofundar ainda mais no assunto? Então, leia, agora mesmo, o nosso e-book Financiamento estudantil: planeje e faça uma faculdade sem se preocupar com a mensalidade!

Financiamento estudantil: planeje e faça uma faculdade

Escrito por Unifacisa

    o passo a passo das formas de ingresso
    Aulas síncronas: o guia de orientações para o estudo em casa
    Guia da carreira medicina o passo a passo do seu sucesso